história
Grandes jogos

Bayern x Atlético: a final da finalíssima

2011/05/24 18:08
Texto por João Pedro Silveira
l0
E0
1974 é um ano fundamental na história de Portugal, mas se por cá se vivia com fervor a «Revolução dos Cravos», na Alemanha Ocidental vivia-se o ano «dourado» do futebol alemão. 1974 foi o ano em que o futebol alemão que já tinha sido campeão da Europa de selecções em 1972, se assumiu como uma potência do futebol europeu de selecções e clubes. Foi nesse ano que o Bayern conquistou o primeiro título de campeão europeu de clubes para o futebol alemão, e seria também nesse ano, nem dois meses depois, que a Alemanha Federal conquistaria o Campeonato do Mundo consagrando uma geração de grandes jogadores que tinha em Franz Beckenbauer o seu expoente máximo.

O milagre de Schwarzenbeck

Contudo, a 15 de Maio de 1974 a Alemanha Federal só tinha ganho um Campeonato do Mundo no longínquo ano de 1954 e os clubes da Bundesliga nunca tinham ganho uma Taça dos Campeões Europeus.

Em Bruxelas o Bayern defrontava o Atlético de Madrid que tinha a possibilidade histórica de conquistar a sua primeira Taça dos Campeões, rivalizando com o Real de Madrid, que por esses tempos já tinha coleccionado seis «taças das orelhas».

Foi um jogo muito táctico, onde o nervosismo e o medo de não perder se sobrepuseram a tudo resto.

O «zero a zero» arrastou-se até ao prolongamento e só foi quebrado a seis minutos do fim por Luís Aragonés através de um livre directo apontado de forma magistral.
 
O Atlético ficou então com os seis minutos mais longos da sua história nas suas mãos. Tudo parecia correr bem até que a segundos do fim um remate miraculoso de Schwarzenbeck a 30 metros da baliza, passa a centímetros da mão de Reina e entra rente ao poste direito afundando-se no fundo das redes dos colchoneros. Voltava tudo à estaca zero, sem haver tempo para fazer mais. Os bávaros festejavam efusivamente enquanto alguns jogadores colchoneros caíam pelo relvado completamente desesperados.
 
Pouco depois o senhor Loraux apitava para o final e as duas equipas ficavam "obrigadas" a disputar uma finalíssima dois dias depois.
Pela primeira e última vez na história da Taça dos Campeões havia lugar a uma finalíssima para decidir o vencedor.
 
A finalíssima
 
Dois dias depois as duas equipas voltavam ao local do crime.
 
Os colchoneros entraram a todo o gás, tentando marcar cedo, para fazer justiça ao que tinha acontecido dois dias antes.
 
Após aguentar a pressão espanhola, os alemães conseguiram contra a corrente do jogo, num rápido contra-ataque inaugurar o marcador com um golo de Uli Hoeneß aos 38 minutos.
 
O Atlético acusou o toque e começou a ceder.
 
Gerd Müller aos 58 e 71 minutos e Hoeneß de novo aos 83 fizeram o 4-0 final.
 
O Bayern conquistava a sua primeira Taça dos Campeões. Feito que repetiria nos dois anos seguintes batendo respectivamente o Leeds United e o Saint-Étienne, enquanto o Atlético por sua vez nunca mais chegaria a uma final da TaçaLiga dos Campeões.
 
Maio de 1974 marcou a ascenção do Bayern ao topo do futebol europeu.
Dois dias depois as duas equipas voltavam ao local do crime.
 
Os colchoneros entraram a todo o gás, tentando marcar cedo, para fazer justiça ao que tinha acontecido dois dias antes.
 
Após aguentar a pressão espanhola, os alemães conseguiram contra a corrente do jogo, num rápido contra-ataque inaugurar o marcador com um golo de Uli Hoeneß aos 38 minutos.
 
O Atlético acusou o toque e começou a ceder.
 
Gerd Müller aos 58 e 71 minutos e Hoeneß de novo aos 83 fizeram o 4-0 final.
 
O Bayern conquistava a sua primeira Taça dos Campeões. Feito que repetiria nos dois anos seguintes batendo respectivamente o Leeds United e o Saint-Étienne, enquanto o Atlético por sua vez nunca mais chegaria a uma final da TaçaLiga dos Campeões.
 
Maio de 1974 marcou a ascenção do Bayern ao topo do futebol europeu.
Dois dias depois as duas equipas voltavam ao local do crime. Os colchoneros entraram a todo o gás, tentando marcar cedo para tentar repôr a justiça, após o que tinha acontecido dois dias antes. 
 
Os alemães começaram por aguentar a pressão espanhola, e contra a corrente do jogo, num rápido contra-ataque inauguraram o marcador com um golo de Uli Hoeneß aos 38 minutos.
 
O Atlético acusou o toque e começou a ceder... Os bávaros tornaram-se senhores da partida e começaram a passear a sua classe.
A cada novo golo, mais o ânimo espanhol se afundava...
 
Gerd Müller aos 58 e 71 minutos e Hoeneß de novo aos 83 fizeram o 4-0 final.
 
O Bayern conquistava a sua primeira Taça dos Campeões. Feito que repetiria nos dois anos seguintes batendo respectivamente o Leeds United e o Saint-Étienne, enquanto o Atlético nunca mais chegaria a uma final da TaçaLiga dos Campeões.
 
Maio de 1974 marcou a ascensão do Bayern ao topo do futebol europeu e para muitos analistas terá sido o momento em que o Atlético de Madrid passou ao lado da história e do sucesso...
 
Capítulos
Comentários (1)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
Motivo:
jr
Agora podem emendar. . .
2016-01-19 19h45m por jrodri72
http://www. zerozero.pt/edition. php?id_edicao=58483. . . . Até que chegou o ano de 2014 onde o Atlético de Madrid defrontou o Real Madrid na final. . .
jogos históricos
U Sexta, 17 Maio 1974 - 19:15
Stade Roi Baudouin
Alfred Delcourt
4-0
Uli Hoeneß 28' 82'
Gerd Müller 56' 69'
Estádio
Stade Roi Baudouin
Lotação50122
Medidas106x66
Inauguração1930