história
Grandes jogos

Itália x França: Un´Estate Italiana

2014/06/14 17:53
Texto por João Pedro Silveira
l0
E0
Encontro marcado

Antes do jogo começar, muitos preconizavam uma final muito tática, com duas equipas expectantes, sem grande emoção, pelo menos nos primeiros minutos. França e Itália, dois vizinhos e velhos rivais, que tinham atravessado a competição sem deslumbrar, mas embalando definitivamente para um grande prova quando chegaram à fase eliminatória. 
 
A Itália bateu a Austrália com dificuldade, e celeuma, mas depois impôs-se com classe sobre a Ucrânia e a anfitriã Alemanha. Por sua vez a França, puxou dos galões para eliminar "sem espinhas" a Espanha, o Brasil e Portugal

Dos golos à cabeçada
 
A verdade é que com vinte minutos passados, já ambas as equipas tinham marcado. Primeiro a França, depois de um penálti controverso, que Zidane apontou magistralmente. Materazzi, que cometera a grande penalidade, empatou com uma cabeçada aos 19 minutos. 
 
Aos 35 minutos, meio estádio levantou-se a festejar golo, mas a bola, rematada por Luca Toni esbarrou no ferro. A Itália tinha estado tão perto...

O adeus de Zizou 
 
Na segunda parte a França andou mais perto do golo, com mais ataques e remates, mas o resultado manteve-se inalterado até ao prolongamento. 
 
Aos 110 minutos os autores dos golos envolveram-se numa cena que terminou com a cabeçada de Zidane em Materazzi.

o Argentino Horacio Elizondo não teve contemplações e expulsou Zidane, que via um cartão vermelho, no jogo que anunciara ser o último da sua carreira. Zizou saiu de cabeça baixa em direção aos balneários, passando ao lado da Taça que ajudara a conquistar oito anos antes.
 
A consagração italiana

Até ao fim do jogo não houve golos e a final teve de ser decidida no desempate por grandes penalidades.
 
A Itália, uma histórica perdedora de penáltis - já perdera assim a final de 1994 e fora eliminada em 1990 e 1998 - estava decidida a mudar história.
 
Nenhum italiano falhou, enquanto Trezeguet desperdiçou a sua grande penalidade. Tudo ficou decidido quando Fabio Grosso, que já fora decisivo na meia-final, apontou o penálti que deu a vitória à Squadra Azzurra. 24 Anos depois de Madrid, a Itália voltava a conquistar o Mundo. Na Alemanha, sempre se vivera o tão esperado verão italiano. 
Capítulos
Comentários (0)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
Motivo:
jogos históricos
U Domingo, 09 Julho 2006 - 19:00
Olympiastadion Berlin
Horacio Elizondo
1-1
Marco Materazzi 19'
Zinedine Zidane 7' (g.p.)
Estádio
Olympiastadion Berlin
Lotação76243
Medidas105x68
Inauguração1936