Na Minha Secreta Área
Luís Rocha Rodrigues
2017/03/09 19:20
O Na Minha Secreta Área é um espaço de opinião do jornalista Luís Rocha Rodrigues. Nas gavetas, há sempre um bloco de notas e uma caneta para se anotar o futebol.

É uma pergunta que não deveria merecer contestação na resposta. Mas que poderá, feita de outra forma, suscitar respostas curiosas. Se eu perguntar a um adepto comum em Portugal se prefere que o seu clube ganhe a Champions ou a Liga NOS, por ordem de grandeza, a resposta será quase sempre a primeira. Mas, se eu perguntar se prefere ganhar a Champions e ver o grande rival ganhar o campeonato, de certeza que há quem mude de opinião. Mais mudará se eu perguntar, de forma específica, a um benfiquista a sul: «Abdicas de uma Liga para o Sporting do Jesus para ganhares a Champions?»; ou a um benfiquista a norte: «Preferes ganhar o campeonato ao FC Porto ou vê-los ganhar e ganhares tu a Champions?»; ou ao contrário, a um portista ou sportinguista: «Querias ganhar a Champions, mesmo sabendo que ias ter os benfiquistas a festejarem o campeonato?».

Uso estes três emblemas por serem os mais representativos em adeptos e títulos, embora pudesse utilizar outros. Não condeno rivalidades. Condeno ódios. Porque, em Portugal, fazem com que o nosso futebol esbarre eternamente à porta do top-5 europeu. Podem dizer-me que a matéria-prima é escassa à beira de Inglaterra, Espanha, Alemanha. Não nego. Mas também não se pode dizer que a matéria mental abunde.

Nomeadamente na ambição. Talvez muitos ainda me estejam a chamar nomes pelas alusões do primeiro parágrafo. Mas, se aumentar o ratio para «uma Champions ou cinco campeonatos?» o assunto tomba de vez. E isso é preocupante. Porque não importa mais ganhar do que não perder para o vizinho.

Claro que não se muda o cenário de um dia para o outro. Mas, em Portugal, não se quer mudar. Quantos benfiquistas ontem disseram: «Vamos ao tetra, que isso é que interessa»? Como há uns meses os sportinguistas falavam de três competições internas quando saíram de forma lamentável da Champions. Ou como irão falar os portistas daqui a uma semana (a menos que aconteça uma barcelonice em Turim).

Esse é o propósito: ganhar o campeonato. E é cada vez mais, reféns que somos do «fosso cada vez maior entre grandes e pequenos» na Europa. Pudera! Nós temo-lo cá. Luís Filipe Vieira, numa recente entrevista à CMTV, regozijou-se da «visão europeia» a longo prazo que o Benfica eventualmente terá. Mas como se poderá ser maior lá fora se cá dentro o campeonato não cresce na competitividade? Como se poderá ter um melhor campeonato se, na altura de negociar os direitos televisivos, cada um vai para seu lado para depois se ver quem é que tem o maior negócio?

Rui Vitória inventou, sim. Eliseu e Salvio espelharam as suas debilidades, claro. Fejsa e Grimaldo fariam daquele um jogo muito diferente, talvez. Só que o problema continua a ser cultura (e não estou a dar nenhuma novidade com isto) futebolística. As rivalidades nada têm a ver para o caso, volto a dizer. O umbiguismo e o egocentrismo têm tudo!

A mentalidade dos dirigentes é reflexo da que os adeptos apresentam, da sociedade, da forma mesquinha como se vive um futebol ao estilo Big Brother. E a culpa não morre por aí. A comunicação social também a tem. Nesta quarta-feira, fui à conferência de Nuno Espírito Santo e, ao chegar à redação, bateu-me a conclusão de que não tinha sido feita uma única pergunta sobre arbitragem. Inédito em 2017, pensei.

Deixo apenas uma questão para o adepto: caso avance a Superliga Europeia (vai avançar, mais cedo ou mais tarde), prefere que o seu clube seja o único representante português ou que os rivais também lá estejam, correndo o risco de fazerem melhor figura na prova? Sim, guarde a resposta.

P.S.: Este tema, mais que um artigo, dava um livro. Por isso, muita coisa ficou por aprofundar. Mas conto voltar a ele. Provavelmente, quando me apetecer escrever sobre a equipa que perderá lugar na Champions em 2018 e os adeptos do terceiro classificado da próxima época se lembrarem que, afinal, é lamentável "não haver" quem faça pontos para o ranking



Comentários (11)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
Motivo:
Ba
Como se coloca em questão?
2017-03-11 13h43m por Bane
Só alguém que nunca tenha visto o seu clube a ganhar uma champions é que pode pôr tal questão!

Claro que ganhar uma Champions é muito melhor a ganhar o campeonato, que comparação mais idiota. . . E sim, claro que se o seu clube não ganha o campeonato é óbvio que é um dos rivais a ganhar o campeonato!

Que comparação mais absurda, nem os espanhóis preferem ganhar a liga a ganhar a champions, e alguns portugueses iriam preferir a porcaria da Liga Nos do que a Champions? Top Kek. . .
bl
slbmeireles
2017-03-10 17h29m por black_devils
Desde já os meus parabéns, pois concordo em pleno com o que escreveu e subscrevo
de
Champions
2017-03-10 12h51m por demonflair
Fiquem lá com o campeonato!!! Seria de loucos recusar ganhar a champions neste actual formato em que apenas ganham os colossos. . . Já para não falar das receitas a nível financeiro com essa conquista. Pegando nessas receitas construia-se um melhor plantel para atacar o campeonato na epoca seguinte.
SL
Miglaspoon
2017-03-10 10h34m por SLB_PFAA
Em que parte do texto diz que os adeptos devem festejar a vitória dos seus rivais?
Esta mentalidade descrita no texto é muito visível nas criticas feitas ao Renato Sanches por exemplo, ele já nem é do Benfica mas muitos preferem ve-lo falhar do que se tornar um grande jogador so por ter sido formado no Benfica
sl
Muito bom
2017-03-10 10h13m por slbmeireles
Concordo plenamente. Vivemos num país onde a rivalidade entre clubes está sempre a cima de tudo. Ainda para mais com dirigentes de clubes a criar cada vez mais ódio nas pessoas.
E não é preciso ir muito longe, ganhamos o Euro, mas metade do povo português devia ter vergonha, e ter ficado em casa, em vez de ir festejar. Passaram o Euro todo a criticar os nossos jogadores só porque não eram do seu clube, passaram o Euro todo a dizer que vais valia perder logo, que ir fazer figuras...ler comentário completo »
re
Ganhar uma champions
2017-03-10 09h32m por red_philosoraptor
Eu sou adepto do Benfica porque o sou desde pequeno (culpa da família, certamente) e nunca irei mudar para outro clube, ponto. Não sou do Benfica porque é o "melhor" - até porque cresci com um futebol português claramente dominado pelo Porto.

Nunca me importei ao ver o Porto ou o Sporting ganhar o campeonato. Faz parte do desporto saber ganhar e saber perder, dando mérito a quem o tem. Seria até interessante ver outras equipas a fazê-lo. Por outro lado, não deixa de ser s...ler comentário completo »
cr
Excelente texto!
2017-03-10 08h05m por crackdude
Condordo 100%.

Há que tê-los no sítio para escrever contra a maré de desculpabilização do futebol português.
Amigos, o futebol não cresce porque não quer. Se as perguntas colocadas pelo autor fazem comichão, então são parte do problema!

Parabéns pelo artigo
Mi
Textinho para encher
2017-03-09 22h40m por Miglaspoon
O politicamente correto é muito bonito e fica sempre bem. . . Mas não passa de treta e de areia para os olhos, neste caso do fraco pseudo jornalismo com frases q caem sempre bem num artigo de "des"opinião. Alguma vez um adepto do R Madrid festeja as vitórias do Barça na Europa? No entanto isso não importa muito para hegemonia do futebol espanhol na champion! O que realmente importa é vencer e vencem os melhores! Os melhores jogadores, melhores treinadores, as melhores taticas. . . Mudar a ...ler comentário completo »
dj
só se sabe criticar
2017-03-09 21h36m por djinho75
Se é para se criticar, o meu comentário é simplesmente dizer que este post nem merece comentário, isto logo pelo seu inicio, se se perguntar a um analfabeto Português que reside junto à Espanha, se quer aprender a falar Português ou Espanhol, todos possivelmente saberão qual a maior percentagem de opiniões, . . . a questão em causa é a quem fazer as perguntas, mas se as fazem a fanáticos ou que não sabe ser isento, não seja realista, ou mesmo honesto com a verdade desportiva, nem vale a pena fazer perguntas deste valor e teor. . .
iS
Josec78
2017-03-09 20h20m por iSMURF4
Concordo com o teu último parágrafo, aliás até acho que essas equipas ditas "equipas pequenas" deviam de começar já a pensar nisso.


Jo
Opinião
2017-03-09 20h13m por Josec78
Concordo apenas em relação aos direitos televisivos.

Se me perguntarem se quero ver o Porto a matar-se por passar contra a Juventus e a hipotecar o Campeonato por uma passagem que seria épica, sem dúvida, mas certamente não traria mais uma Liga dos Campeões, eu direi que não. Se o Benfica ganhar o "treta" vai ser uma treta porque já começam a ser demais (e nem todos merecidos, na minha opinião). É importante para os rivais que tal não aconteça ou uns entram numa fase dourad...ler comentário completo »
OPINIÕES DO MESMO AUTOR
A naturalidade e, até mesmo, a descontração com que se assiste, na NBA, a uma paragem para avaliação da arbitragem a determinado lance é um excelente ...
19-04-2017 15:53
Venham, a sério! Deixem o que por aí têm, nesses grandes da Europa. É que nós, por cá, temos um futebol em crescimento e com uma competitividade ...
13-04-2017 01:07E5
O Football Talks voltou a ser um sucesso em Portugal e muitos foram os temas abordados nas palestras organizadas pela FPF. Fiquei particularmente agarrado a um deles: as apostas. Nada de novo que ...
05-04-2017 17:15E1